Zeferino e Maynar absolvidos

Manuel Zeferino e Marcos Maynar foram hoje absolvidos pelo Tribunal da Póvoa de Varzim da acusação de co-autoria de 16 crimes de administração de dopagem e de manipulação de substâncias alimentares e medicinais na extinta equipa LA-MSS, de que o primeiro era director-desportivo e o segundo médico. O tribunal não conseguiu estabelecer ligação entre os produtos e materiais apreendidos e a alegada prática de dopagem organizada. A haver culpabilidade, a responsabilidade terá sido dos corredores que, nesse caso, terão auto-administrado as substâncias e as práticas ilícitas, concluíram os juízes.

O acórdão, lido pela presidente do colectivo e única juíza presente, Elsa Paixão, considera a “acusação improcedente”, uma vez que não foi provado em tribunal que Manuel Zeferino e Marcos Maynar tenham acordado adoptar um plano de preparação e dopagem para cada corredor da equipa, não se provou que algum dos arguidos tenha fornecido substâncias dopantes aos ciclistas nem que o médico tenha prescrito substâncias ilícitas.

Sobre os ficheiros encontrados no computador de Marcos Maynar e que este admitiu serem planos de dopagem, que lhe foram entregues pelos corredores e que teriam sido elaborados pelo antecessor do médico na estrutura da equipa, o tribunal não conseguiu provar a origem dos documentos nem o seu teor, uma vez que estavam redigidos em código e em castelhano. Para justificar a língua castelhana, Maynar disse em tribunal que o antecessor na equipa era o espanhol Jesús Losa. No entanto, como apurou o Jornal Ciclismo, Marcos Maynar substituiu o português Benjamim Carvalho.

O tribunal considera que a extensa quantidade de medicamentos e manipulados encontrados em casa de alguns elementos da equipa e que fazem parte da lista de substâncias dopantes, por si só, não estabelece nexo de causalidade com a suposta culpabilidade de Manuel Zeferino e de Marcos Maynar. O tribunal admite que alguns dos produtos em causa pudessem ser usados por outras pessoas do agregado familiar dos corredores. Para aqueles que apenas servem como dopantes, o colectivo de juízes entende que, a terem sido usados, terá sido por “auto-administração” dos corredores. “Não se pode acreditar que os atletas desconheçam os malefícios causados ao organismo humano e o perigo para a vida”, provocados pelo consumo de algumas destas substâncias, observou o tribunal.

A respeito do saco contendo centenas de produtos proibidos e que foi encontrado em casa de Pedro Cardoso, o colectivo de juízes aceitou como boa a justificação dada pelo antigo corredor. Ou seja, que aquele material foi-lhe confiado pelo médico, Marcos Maynar, apenas a título de depósito e sem qualquer indicação para que o “capitão” da LA-MSS consumisse alguns daqueles preparados ou que os distribuísse pelos companheiros de equipa.

Apesar da absolvição, a juíza Elsa Paixão deixou um alerta aos dois arguidos. “Não há ligação entre a vossa conduta e a dos ciclistas. Se calhar, ser submetido uma vez a julgamento já é suficiente. Espero que este julgamento tenha servido para alertá-los de modo a que fiquem longe de algumas coisas e que não tenham de ir a tribunal pelos mesmos motivos”.

A sessão terminou com um abraço de felicidade entre Manuel Zeferino e Marcos Maynar e com manifestações de contentamento entre o público, onde estava grande parte do plantel de 2008 da LA-MSS. Ainda houve ânimo por parte de um corredor para insultar o jornalista do Jornal Ciclismo.

39 comentários a “Zeferino e Maynar absolvidos”

  1. O processo penal é mais complicado do que parece! Se não condenaram ninguém é porque não podiam, ou não deviam. Tratar as magistraturas, como tem acontecido aqui, insistentemente como os culpados de uma não condenação (para os que a queriam à força!) é pura maldade, ou ignorância. Se calhar, algumas das testemunhas (gente importante!!) tidas como essenciais para acusação também meteram “os pés pelas mãos”… a ânsia de protagonismo dá muitas vezes em pouca clarividência na expressão dos factos. De qualquer forma, pelo que tenho lido, com tantos e tão bons “detectives” em Portugal, admira-me, como é que ainda não conseguiram encontrar a Maddie Mcann. Reservem esforços e conjecturas para essa tarefa.

  2. UMA PIADA:

    …” o tribunal não conseguiu provar a origem dos documentos nem o seu teor, uma vez que estavam redigidos em código e em castelhano.”

    UMA ANEDOTA:

    …”
    Para justificar a língua castelhana, Maynar disse em tribunal que o antecessor na equipa era o espanhol Jesús Losa. No entanto, como apurou o Jornal Ciclismo, Marcos Maynar substituiu o português Benjamim Carvalho.”

  3. Pk é q o Mayner pediu ao Cardoso para guardar o saco com o material e não guardou ele próprio? Se calhar a casa dele era mais fresca que a do Mayner. É que não consigo arranjar explicação… “aquele material foi-lhe confiado pelo médico, Marcos Maynar, apenas a título de depósito e sem qualquer indicação para que o “capitão” da LA-MSS consumisse”. Se não era p consumo, não haveria outro lugar mais lógico para depositar os produtos?

  4. Mafiosos de toda a Europa estão a caminho de Portugal para terem formação especializada em Prácticas de Dopagem(Nível 5)….

    Formadores são os Srs:….

  5. POr mais que queiram colocar neste site a revolta contra a decisão do tribunal, isso jamais ira alterar o estado de calma daqueles que gostam e apoiam o Zeferino. Se ele pecou, não foi o único, eu já pequei…. já todos tentamos fugir aos impostos, já todos colocamos a vida de outros em risco em manobras perigosas de estrada, aluguns já roubaram, outros já forma infieis ou mentiram ao melhor amigo,………………………….já leram sobre o crime de doping organizado pelo Brunnel e Armstrong,…………………………………………..o doping deve ser controlado para ser minimizado, mas não podem punir do ciclismo os HOMENS QUE O CONTROEM E QUE LHE DÃO VIDA. BENVINDO À CALMA CHEFE

  6. Caro A.M., é um facto que a equipa do Zeferino teve problemas com doping, mas e o Barbot, Boavista, Loulé, Benfica, ADRAP, etc., etc, também não tiveram? E olhe que foram todos depois dos que apontou ÙCMaia…

  7. Perante os factos observados e concludentes,a maior culpa é da Acusação que não conseguiu provar em tribunal o suficiente para haver condenação!!!

    Zeferino e Maynar bem podem pular de felicidade,porque não contariam ser absolvidos(é claro que nunca diriam o contrário)…
    Zeferino passa a ser um excelente professor em como “mascarar a dopagem”…

    Mas a “nódoa” jamais desaparecerá!!!!

  8. JuvenalPosted on 2010/07/03 at 10:39 amSr Paulo, veja lá se conta a história toda, porque o Zeferino treinou uma equipa GS1 mas depressa passou para a terceira divisão, depois dos escândalos que arranjou na Volta à Romandia e no Paris-Nice. Recorda-se?

    Acha que é preciso acrescentar mais alguma coisa sr Paulo ??

    Cá em portugal basta ser um bocadinho mais esperto para nunca acusar nada. Lá fora AGORA está cada vez mais dificil…
    Não me venham com tretas do futebol, que concordo que deviam ser controlados de igual forma. Mas tenho orgulho em que o ciclismo tome medidas pioneiras nesta matéria.
    Não é num desporto que depende da capacidade física “muitas das vezes” ganharem alguns, porque têm acesso ao que outros não têm, para mim quem acusasse substâncias que só podem ser injectadas que são ilegais era irradiado logo. Compreendo que alguém sem saber possa tomar algo ilegal, mas ainda nesses casos tem que ser responsabilizado, porque na alta competição não se brinca. É o trabalho deles…

  9. Estes senhores Zeferino e Maynar são parentes do Pinto da Costa? É que passavam bem… Enfim, ninguém pode nada contra a máfia…

  10. A federação perde toda a legitimidade para punir ou controlar seja quem for, com estas atitudes.

  11. Sr da Federação ,vamos ter Zeferino Camisola de Campeão Nacional , em Referencia a Onda Azul, ja agora para quando o Nobel, ou quem sabe na morte do Papa ? CHEFE so se for da culinaria, a fazer o caldo, dai o material em casa

  12. Sr Paulo, veja lá se conta a história toda, porque o Zeferino treinou uma equipa GS1 mas depressa passou para a terceira divisão, depois dos escândalos que arranjou na Volta à Romandia e no Paris-Nice. Recorda-se?

  13. Volta ZEFERINO, o ciclismo em portugal precisa de homens como tu! Mas tem cuidado, ganha só o 1º lugar, não queiras ganhar 1º, 2º e 3º, se não acusam-te outra vez… TÁS PERDOADO

  14. Será que não conseguem por pontos finais onde eles devem estar?
    TERMINOU meus senhores. Seriam suspensos ou presos todos os directores de equipas profissionais de o problemA fossem substancias dopantes. O Zeferino foi absolvido e esperamos dele o MELHOR. Muito trabalho em prol do ciclismo, Muitas vitórias em provas de Masters e muitas e tão boas organizações desportivas como foram: BIKE CAMP, POVOA-TERRAS DO BOURO, SUBIDA À SENHORA DA GRAÇA……. e outras tantas que esperamos ansiosos. Força chefe no leme desse navio

  15. A.M., o Zeferino foi já treinador de uma equipa do antigo GS1 e a categoria GS1 foi transformada no actual Pro-Tour, pelo que…

  16. Esta visto que nestes casos so levou cacetada um unico atleta por ter tomado um analgesico foi o Freitas, de resto tudo sai na boa, e a diferença de quem anda da perna como aconteceu com o Pinto e esta a correr na boa, e agora com o zeferino proximo nobel do exemplo desportivo

  17. Boa Noite, tenho todo o tipo de substancias dopantes em casa quem quizer e so dizer, eu tenho de tudo, sou director desportivo mas não quer dizer que seja para os atletas……………mesmo so neste pais………de crentes…..como e possivel isto, a federação vai ainda ter esse senhor como a referencia da onda zul anti doping,, a cara do projeto.

  18. isto é uma palhaçada!!!! como é possivel esta gente nao ir presa?????
    tenham vergonha srs juizes!!!!

  19. Eu rio-me com certas figuras que vêm para aqui defender esta palhaçada e estas pessoas que só não foram culpadas pela justiça que temos. Alguns até antes disto tiveram um discurso diferente, mostrando um certo distanciamento, e agora pegam em pormenores que pretendem desviar a atenção do que realmente interessa. O mal é que para muitos isto é o melhor que pode acontecer. O ciclismo em portugal continuar como está interessa-lhes. Os outros têm desculpa, porque acreditam no que os seus amigos lhe vendem. É o país que temos… Dá pra tudo. Agora desafio estas grandes figuras a fazerem uma equipa pro tour em portugal. Existe o problema do orçamento, mas existiam outros problemas mais dificeis de resolver. 

  20. Ao sr. «ps» apenas dirijo algo simples: Se o sr.«ps» tem uma vida frustrante e enfadonha não descarregue no mundo a sua miserável desgraça. No resto do Mundo à campeonatos de Masters tão competitivos como a categoria elites. Portugal esta uns anos atrasado. E o senhor «ps» nunca deve ter saido de Portugal. COITADO

  21. Finalmente PAZ. O ciclismo português precisa de Homens empreendedores como o Zeferino. De organizadores como ele, que percebem realmente de ciclismo. Foi uma passagem na vida de quem arrisca na vida. Ele arriscou ser director e responsavel por adultos. Passou o pesadelo. Força chefe. Continuaremos a segui-lo nos treinos e a apoia-lo venha quem vier.

  22. Foi só um que insultou o “jornalista” do sitio na Internet denominado como jornalciclismo? Tive muita sorte mesmo, ai teve teve.

  23. Finalmente justiça so e pena certos otarios continuarem a dizer mal de quem nao conhecem e que so veem o que querem. Muito bem ZEFERINO a volta de masters sera nossa

  24. Parabens Zeferino! Depois de tudo, deve ter custado publicar esta noticia, ainda que com algumas inverdades. Não foste insultado, mas devias. Pareces um jogador de futebol, a falar de ti mesmo, na terceira pessoa, só falta dizeres “graças a Deus”.
    Que azia do pseudo- jornalista do Jornal de Ciclismo no tribunal. Toma compensan. Mais um comentário anulado.

  25. …então o catedratico lisboeta não cinseguiu convencer os sSrs juizes que havia doping organizado?…então não conseguiu convencer os Srs juizes que foi descoberta a formula oral de administrar insulina ?……o grande avanço que a diabétologia procura há centenas de anos!…e que uma centrifugadora é utilizada para doping organizado?…È que em terra de cegos quem tem olhos é Rei.Mas essa é a terra dos invejosos,dos dementes,dos ignorantes,de alguns jornalistas e comentadores…mas pelos vistos o Tribunal não faz parte dessa terra de cegos!….e já agora gostaria que alguem me definisse essa figura juridica? de doping organizado…

  26. Eu não queria mesmo comentar esta notícia, mas não consigo perceber uma coisa… Se o Maynar não tem nada a ver com isto, como aceitaram o facto do Pedro Cardoso dizer que o saco foi-lhe entregue pelo médico?
    A não ser que não esteja a ler bem…

  27. Também eu tenho inveja!!! Andar como ele, até eu andava. E até não era difícil, bastava fazer como ele – sair todos os dias para a estrada de bicicleta, 3 a 4 horitas . Depois é apenas uma questão de vontade e genética. E aí ele talvez continuasse a andar mais que eu!!!
    Não sejam invejosos, treinem muito… as pernas, não a língua e os dedos.
    Abraço Zeferino

  28. A montanha pariu um rato…. à maquinas.. volta Zeferino para fazer andar o pelotão nacional…Como é possivel tanto falatório para dar em nada. Só em Portugal é que a justiça nunca condena os culpados. Isto porque, primeiro a vontade de acusar é tão grande que se perdem promenores fundamentais na acusação, segundo porque, quem se defendende tem todo o tempo do mundo para preparar a sua defesa, porque esta justiça só condena os fracos. É só tretas….

  29. PALHAÇADA!!!!!! QUE VERGONHA!!

    TEM VERGONHA NA CARA ZEFERINO!!!

    com 50 anos andas no pelotao masters como um miudo de 20!!!!

Os comentários estão fechados.