Controlo apertado na Austrália

O Tour Down Under (18 a 25 de Janeiro), primeira corrida do novo Calendário Mundial, vai ficar marcado por apertadas normas antidopagem, noticiou hoje o Cyclingnews. Serão feitos cerca de 200 controlos antidoping durante a competição, estando os ciclistas avisados pelas autoridades locais que, possivelmente, serão controlados mais do que uma vez, podendo mesmo ter de ceder os líquidos orgânicos mais do que uma vez em cada dia, antes e depois da etapa.

As análises irão incidir na procura de EPO, CERA e hormona de crescimento. Além disso, as amostras serão congeladas, podendo permanecer nesse estado oito anos, até que se descubra uma nova substância e uma maneira de a encontrar.