Conselho Jurisdicional confirma sanções de Maynar e Rogério Batista

A última corrida feita por Batista na LA-MSS foi o GP Rota dos Móveis (na foto)
A última corrida feita por Batista na LA-MSS foi o GP Rota dos Móveis (na foto)

O Conselho Jurisdicional da Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC) confirmou hoje as sanções aplicadas pelo Conselho Disciplinar ao corredor Rogério Batista e ao médico Marcos Maynar, ainda no âmbito do caso de alegada dopagem organizada no seio da extinta LA-MSS. O órgão de apelo da FPC, indeferiu os recursos, mantendo a inibição de actividade durante 10 anos ao clínico espanhol e a suspensão de dois anos a Rogério Batista.

A decisão relativamente ao corredor esperou pela sentença do Tribunal Arbitral do Desporto sobre o caso de João Cabreira, já que em causa estava também a presença de proteases na urina. Depois de ter ilibado Cabreira, o Conselho Jurisdicional emenda a mão e admite implicitamente que errou nesse caso, pois agora castiga Rogério Batista pelo recurso a proteases como método de destruição de amostras antidopagem, na senda do que fez o TAD em relação a João Cabreira. O ciclista esteve suspenso preventivamente durante um ano e está afastado desde o começo da presente época, pelo que poderá voltar a competir em 2011.

Antes de dar provimento às decisões do Conselho Disciplinar relativamente a Maynar e a Batista, o órgão de apelo da FPC já tinha reiterado as decisões de primeira instância que puniram os corredores Afonso Azevedo, Cláudio Faria e Pedro Cardoso por posse de substâncias dopantes. Também o director-desportivo, Manuel Zeferino, já vira a sua pena de multa de 2800 euros, por violação do dever de diligência, confirmada.

O processo desportivo em Portugal fica, assim, completamente fechado, embora as decisões ainda sejam passíveis de recurso para o Tribunal Arbitral do Desporto. O caso continua, contudo, na justiça civil. Manuel Zeferino e Marcos Maynar estão a ser julgados pelo Tribunal Judicial da Póvoa de Varzim, acusados de um total de 16 crimes de administração de substâncias dopantes e de manipulação de substâncias alimentares e medicinais. A próxima sessão do julgamento, durante a qual serão ouvidas as testemunhas indicadas por Marcos Maynar, realiza-se a partir das 13h30 de dia 19 de Maio.

1 comentário a “Conselho Jurisdicional confirma sanções de Maynar e Rogério Batista”

Os comentários estão fechados.