Selecção de partida para a Corrida da Paz

A Selecção Nacional/Liberty Seguros participa, de 5 a 9 de Maio, na Corrida da Paz, prova que se disputa na República Checa e que conta para a Taça das Nações de juniores. Depois da excelente participação no Paris – Roubaix, que valeu a Portugal o sétimo lugar no Ranking da Taça das Nações, a equipa lusa parte com ambição para a segunda corrida pontuável para o mais importante troféu internacional deste escalão.

O seleccionador nacional, José Poeira, convocou seis elementos para o compromisso desta semana: Rafael Reis e João Leal (Crédito Agrícola/Alcobaça), Leonel Coutinho e Luís Sousa (ASC/Vila do Conde), Samuel Magalhães (Vulcal/InPlenitus/CC Centro) e Ricardo Ferreira (Silva & Vinha/ADRAP).

“Temos uma equipa com muita qualidade, como se viu no Paris – Roubaix. A Corrida da Paz tem montanha e contra-relógio, características que se adaptam aos nossos corredores. No ano passado, alguns destes jovens já participaram, enquanto juniores de primeiro ano. Agora, com mais experiência e com a evolução natural, podem estar na discussão dos postos cimeiros. O objectivo é conquistar pontos, colocando alguém, pelo menos, entre os dez melhores. O Rafael Reis, em 2009, só foi batido no contra-relógio por juniores de segundo ano, que já passaram a sub-23, pelo que é um dos nomes a ter em conta nessa etapa e no resto da prova”, afirma José Poeira.

A Corrida da Paz de 2010 terá seis etapas num total de 495 quilómetros, a maior parte dos quais serão percorridos em tiradas de sobe e desce.

Esta prova tem tradição no ciclismo mundial e já foi conquistada por corredores de primeiro plano, como é o caso de Denis Menchov, em 1995, e de Fabian Cancellara, em 1999.

9 comentários a “Selecção de partida para a Corrida da Paz”

  1. Olhe como todos os ciclistas que correram na volta a loule sabem bem o tipo de relevo existente neste CR nao era para roladores mas sim para trepadores . Com isto vingou os atletas que sobem melhor .
    O joao Leal assim como o Luis Sousa alem de terem caracteristicas diferentes vingaram neste percuso sendo atletas de topo a nivel nacional . Contudo quem escreve aqui são atletas invejosos e sem capacidades para este desporto. Para chegarem ao nivel dos melhores e preciso sacrificio e muito esforço o que a maior parte deles nao tem . 1 esta mandarem umas bocas e palpites do que irem treinar .
    Treinem rapazes para chegar onde estes chegaram ! Força Luis Sousa e Continho,Leal Rafael Reis e Samuel 

  2. lá está…como eu disse…

    agora que o flávio deveria ir, embora não seja contra relogista, fica no moxo!!!

    enfim…sr.poeira…

    grande equipa têm tudo para fazer grande resultado 😀

    pelo que conheço da corrida n é a mais indicada para pessoas pesadas…

    boa sorte

  3. montanha para o samuel???

    ok…

    ele tem muito muito valor mas para a montanha não…aquelas subidas sao muito inclinadas e longas…os que sao pesados vao ao charco…

    mas boa sorte campeoes…
    😀

  4. com contra relogio o joao leal nao se safa…a nao ser que faça como na Volta a Loule amarra-se ao carro 🙂

    Acho que o Rafael REis vai fazer a melhor posiçao dos portugueses e a seguir o Ricardo Ferreira.

    Boa sorte 😉

Os comentários estão fechados.