BMC considera Mauro Santambrogio inocente das suspeitas de dopagem

Mauro Santambrogio passa a ter razões para sorrir
Mauro Santambrogio passa a ter razões para sorrir

A BMC anunciou hoje que a investigação interna apurou que o corredor Mauro Santambrogio não esteve envolvido no alegado esquema de dopagem organizada que está a ser investigado em Itália e que envolve ciclistas que passaram pela Lampre. Quando o assunto veio a público, a BMC suspendeu provisoriamente o corredor, até apurar a veracidade das suspeitas. Depois de realizada a investigação interna, a equipa levantou a suspensão e anunciou que levará Mauro Santambrogio à Volta a Itália, que se inicia no próximo sábado.

O ex-campeão do mundo Alessandro Ballan foi suspenso provisoriamente pela BMC pelo mesmo motivo que o compatriota. No entanto, a nota hoje emitida pela equipa não faz qualquer referência a Ballan, mantendo o afastamente e, consequentemente, as suspeitas.