Quatro portugueses no pelotão da Volta à Romandia

Tiago Machado terá duas oportunidades para mostrar equipamento de campeão nacional
Tiago Machado terá duas oportunidades para mostrar equipamento de campeão nacional

O ciclismo português terá quatro representantes no pelotão da Volta à Romandia, prova ProTour que se disputa na Suíça entre terça-feira, 27 de Abril, e domingo, 2 de Maio. Tiago Machado (RadioShack), com uma estreia fulgurante no primeiro ano entre pelotão principal, é a grande esperança lusa para um resultado final entre os melhores. Sérgio Paulinho (RadioShack), Manuel Cardoso (Footon-Servetto) e João Correia (Cervélo) também transportam a bandeira nacional pelas estradas da Romandia. Além dos ciclistas, merece referência a participação de José Azevedo, que divide a direcção desportiva da RadioShack com Alain Gallopin.

A média montanha e os contra-relógios serão determinantes para achar o vencedor. A corrida começa com um curto prólogo de 4,3 quilómetros, que não deverá fazer grandes diferenças. Estas devem ser marcadas, quiçá de modo decisivo, no quarto dia de competição, um contra-relógio individual de 23,4 quilómetros, em redor de Moudon.

Todas as etapas em linha têm contagens de montanha de primeira categoria, embora nenhuma ligação termine em alto. As duas últimas tiradas apresentam subidas exigentes a cerca de 20 quilómetros da chegada, podendo servir para ajustes de contas por parte dos homens que saiam desfavorecidos do contra-relógio.

A primeira participação portuguesa na Volta à Romandia remonta a 1970, quando Fernando Mendes representou a equipa belga Flandria, terminando na 22ª posição. De acordo com José Magalhães Castela, em Corredores Portugueses nas Grandes Provas de Ciclismo Internacional, o melhor resultado foi alcançado por Acácio da Silva, que, em 1985, venceu uma etapa e terminou a prova no segundo lugar da geral, a 1m32s do vencedor, Jorg Muller. Joaquim Agostinho foi o outro luso a concluir esta competição entre os dez melhores. Foi quinto em 1981.

Etapa
Prólogo: Porrentury – Porrentury, 4,3 km (C/R)
1ª Etapa: Porrentury – Fleurier, 175,6 km
2ª Etapa: Fribourg – Fribourg, 171,8 km
3ª Etapa: Moudon – Moudon, 23,4 (C/R)
4ª Etapa: Vevey – Chátel (Vallée d’Abondance, 157,9 km
5ª Etapa: Sion – Sion, 121,8 km

Foto: RadioShack

4 comentários a “Quatro portugueses no pelotão da Volta à Romandia”

  1. Não acho que seja promoção , mas sim realçar merecidamente a forma que ele está , e as optimas qualificaçoes que tem conseguido 🙂 está de parabens , mereçe toda a atençao da comunicaçao social … Abraço . força tiago

  2. Mas se nós não promovermos os nossos, quem o fará? É assim que querem incentivar a modalidade… Que tristeza. Força Tiago!

Os comentários estão fechados.