Guia do Grande Prémio de Portugal

O Jornal Ciclismo apresenta a primeira corrida pontuável para a Taça das Nações de Sub-23, dando a conhecer os convocados por José Poeira e a antevisão do seleccionador para o GP de Portugal e para a restante campanha no troféu internacional que Portugal conquistou em 2008.

José Carlos Gomes (texto), João Fonseca (Foto), PAD/JLS (Gráficos)

A Selecção Nacional/LIberty Seguros parte para o Grande Prémio de Portugal com intenção de levar Nelson Oliveira à luta pelo triunfo na corrida que se disputa entre sexta-feira, 26, e domingo, 28 de Março. O vice-campeão mundial de contra-relógio é a grande arma lusa para a primeira corrida pontuável para a Taça das Nações de Sub-23, como reconhece o seleccionador nacional, José Poeira.

“Temos um corredor, Nelson Oliveira, que nos dá garantias para o contra-relógio do último dia. Por isso, a nossa estratégia passa por tentar levá-lo sem perdas de tempo até ao exercício individual, em que ele tem condições para fazer a diferença, embora saibamos que as outras selecções também apresentam ciclistas para esta especialidade. Vamos tentar lutar pelo triunfo”, afirma o técnico.

A Selecção Nacional/Liberty Seguros terá a tarefa de controlo da corrida facilitada por participar, enquanto país organizador, com duas equipas, Portugal A e Portugal B. Além disso, o grupo de trabalho ganhou experiência na temporada transacta, estando agora num patamar mais elevado, acredita José Poeira: “Na época passada tínhamos um grupo muito jovem, inexperiente. Era uma equipa de transição, depois de um ano de ouro. Em 2010, os nossos corredores já adquiriram outra experiência, tendo melhores condições físicas e até tácticas para estarem nos primeiros lugares das corridas. Acredito que temos Selecção para obter bons resultados”.

As duas últimas etapas serão decisivas para o desfecho do GP de Portugal, prova que os lusos só não venceram uma vez, em 2009. No sábado, a meta coincide com uma contagem de montanha de terceira categoria, podendo marcar algumas diferenças. No domingo corre-se o contra-relógio individual de 17,5 quilómetros.

Portugal A
Nelson Oliveira (Xacobeo Galicia)
Amaro Antunes (Liberty Seguros/SM Feira)
Pedro Paulinho (Mortágua/Basi)
Diogo Nunes (CC Tavira)
Domingos Gonçalves (Liberty Seguros/SM Feira)
Vasco Pereira (ASC/Vitória de Guimarães/RTL)

Portugal B
José Gonçalves (Liberty Seguros/SM Feira)
Joni Brandão (Liberty Seguros/SM Feira)
Luís Afonso (Aluvia/Valongo)
João Correia (Liberty Seguros/SM Feira)
Fábio Silvestre (Liberty Seguros/SM Feira)
Guilherme Lourenço (Mortágua/Basi)

Etapa a etapa
1ª Etapa: Guarda – Sabugal, 123,4 km

Altitude/LOcal/Km percorridos/Km a percorrer/Hora
1000 Partida: Jardim José Lemos 0 123,4 11h30
782 R. Jeremias Amaral Dias: 1ª passagem na meta 25,3 98,1 12h21
893 Meta Volante: Soito 47 76,4 12h52
782 R. Jeremias Amaral Dias: 2ª passagem na meta 58 65,4 13h07
893 Meta Volante Soito 79,7 43,7 13h38
782 R. Jeremias Amaral Dias: 3ª passagem na meta 90,7 32,7 13h54
893 Meta Volante Soito 112,4 11 14h25
782 Meta: R. Jeremias Amaral Dias 123,4 0 14h41

2ª Etapa: Guarda – Trancoso, 116,4 km
Altitude/LOcal/Km percorridos/Km a percorrer/Hora
1000 Partida: Jardim José Lemos 0 116,4 11h30
644 Meta Volante Pinhel 28,5 87,9 12h25
550 Meta Volante Vil Franca das Neves 49,6 66,8 12h55
558 Início de subida 49,9 66,5 12h56
774 P. Montanha 3ª cat. 54,2 62,2 13h02
666 Início de subida 64,8 51,6 13h17
870 1ª passagem na meta e P. Montanha 3ª cat. 70,9 45,5 13h26
592 Meta Volante Rabaçal 101,3 15,1 14h09
666 Início de subida 111,1 5,3 14h23
870 Meta e P. Montanha 3ª cat: Av. Dr. Fernandes Vaz 116,4 0 14h31

3ª Etapa: Guarda – Guarda, 17,5 km (CR/I)
Altitude/LOcal/Km percorridos/Km a percorrer/Hora
1000 Partida: Jardim José Lemos 0 17,5 11h15*
972 Hospital Valmondego 1,5 16 11h16
858 Parque Industrial 8,6 8,9 11h26
836 Bairro S. Domingos – inversão de marcha 11,6 5,9 11h30
857 Parque Industrial 14,5 3 11h33
907 Alfarazem – Bonfim 16,7 0,8 11h36
978 Meta: Mercado Municipal 17,5 0 11h37

*Primeiro corredor a partir

Selecções participantes
Portugal A
Portugal B
Rússia
Alemanha
Suiça
Holanda
Espanha
Colômbia
África do Sul
Cazaquistão
Luxemburgo
França
UCI

Calendário da Taça das Nações
26 a 28 de Março: GP de Portugal
10 de Abril: Tour des Flandres (Bélgica)
14 de Abril: La Côte Picard (França)
17 de Abril: ZML Tour (Holanda)
26 de Abril a 1 de Maio: Giro delle Regioni (Itália)
5 a 12 de Setembro: Volta a França do Futuro (França)

15 comentários a “Guia do Grande Prémio de Portugal”

  1. nao e meu costume,alimentar discussoes,apenas quis contribuir,para melhorar um espaço que acho interessante e nesseçario para prestigio e divulgaçao da modalidade e que com este tipo de comentarios esta a ser constantemente enxovalhado….ao baltazar di go que tem razao ,mas nao e ignorancia escrever k em vez de qu , e o habito das novas tecnologias…..AGORA AO SR EDUARDO FONSECA DIGO-LHE SO:JA CRIEI ALGUMAS EQUIPAS DESDE CADETES A SUB-23 E TENHO SEGURAMENTE,MAIS ANOS DE CICLISMO DO QUE O AMIGO TEM DE IDADE e nao dou mais para este peditorio

  2. meus amigos eu concordo em apoiar as seleções .
    mas sim quando os melhores é que vão representar as cores da nossa bandeira e não os filhos de , os irmãos de , ou os sobrinhos do poeira que este ano ainda nem correram , isto é padrinhagem pura , então que fiquem em ultimos , para ser -mos portuguêses à maneira deles , isso não ,obrigado ………………………………

  3. Caro ernesto, essa dos patrocínios é a piada do ano. Quem é que patrocina sub 23? Vê-se mesmo que está a leste da realidade do nosso ciclismo

  4. Ernesto: Ignorância tambem é escrever “k” em vez de “qu”. =/
    Não são maus atletas, mas é notório que as cunhas influenciaram!

  5. Voçes ganhem juizo pa.

    Em vez de apoiarem a seleção não vem aqui criticar os ciclistas. Acho que voçes e que davam uns bons selecionadores.

  6. parabens em primeiro lugar,ao joao e ao ze carlos pelo excelente espaço de divulgaçao do ciclismo,mas ha coisas ke nao se podem deixar passar em clraro,como e o caso de certos comentarios ke de vez em kuando apareçem feito por cromos ke de ciclismo nada entendem ,umas vezes axincalham as ekipas sem kualquer motivo aparente,outras vezes deitam abaixo ciclistas ke nem conhcem outras as escolhas do selecionador…outras por ke tiram fotos com oculos debaixo de telha,outras porke estao de bone sem fazer sol enfim,,santa ignorancia…eskecem-se,”ou nao sabem” ke o ciclismo vive de publicidade e os oculos e o restante ekipamento tem publicidade alguns comentarios deviam levar lapis azul “ou ser assinalados como maus comentarios …. abraço ao joao e jose carlos

  7. pois os que foram ao estágio já foram mal escolhidos no lote dos que estão a andar mais de momento , mas pelo menos a competir o poeira era para levar os melhores a representar PORTUGAL .
    Força Amaro , és o melhor trepador das equipas “A” e “B” e a seguir J.Gonçalves , D.Gonçalves , e Guilherme Lourenço o resto vai ser só carroças , do Nelson Oliveira pois não corre cá não se sabe como ele está , mas que é vergonhoso para o selecionador é deixar bons atletas fora do estágio , então ele não deve ver as classificações das poucas provas que ainda se vão realizando .
    Meus amigos aqueles que sabem que não devem lá estar vão aproveitando porque alguma coisa pode mudar e depois nunca mais são chamados . isto é a padrinhagem tem que acabar , porque aqueles que sabem do que se passa , depois deixam-se rir das fracas prestações que os atletas lá vão fazer ………………e mais não digo………..

  8. Desde quando é que o Cândido tem honorabilidade para estar ali????sempre se negou todos os anos quanto sei e olhem que sei, a ir representar a seleção mas para as fotos aparece sempre claro! Outros ciclistas que nunca vivaram a cara à seleção nem ali estavam nos presentes…HIPOCRISIAS

  9. O Bruno Silva está lesionado, é normal que nao treine logo esteja um bocadito mais pesado !

    Força Bruno ! teus amigos tão contigo !

  10. ESTES ATLETAS QUE VÃO REPRESENTAR PORTUGAL NESTA ALTURA SÃO MESMO OS QUE ESTÃO A ANDAR MAIS ?
    POIS QUAL É O CRITÉRIO PARA SEREM SELECIONADOS ?

  11. que belas convocatorias que o poeira fez!!
    os ciclistas melhores nao os convoca, caso do marco coelho, joao pereira, fabio palma. basta ver as classificaçoes das ultimas provas

  12. oh pato bravo (eduardo fonseca) caso tu nao saibas eles tinham acabado de treina 😉 beijos e abraços

  13. O Velódromo tanto quanto sei é fechado.
    Porque é que estas vedetas insistem em andar de óculos de sol lá dentro, e passeà-los ainda para mais numa sessão unicamente fotográfica ?

    Mentalidades

Os comentários estão fechados.