Volta a Portugal terá etapa de consagração

Edição transacta começou entre o Marquês de Pombal e os Restauradores
Edição transacta começou entre o Marquês de Pombal e os Restauradores

A edição deste ano da Volta a Portugal, na estrada de 4 a 15 de Agosto, vai terminar com uma etapa em linha, permitindo a consagração dos vencedores. O jornal Record avança hoje que vai ser quebrada a tradição, com cerca de uma década, de encerrar a corrida com um decisivo contra-relógio. A medida polémica, pois a Volta a Portugal tem poucos dias, sendo discutível que se possa abdicar de um deles para uma jornada de consagração, visa fazer chegar o pelotão a Lisboa. À semelhança do Tour, a Volta pretende fechar em clima de festa na capital do país.

O Record adianta também que a organização da corrida, a cargo da PAD-João Lagos Sports, e a Câmara Municipal de Lisboa estão a estudar o local para o final da prova. As opções em cima da mesa são, para já, três: Avenida da Liberdade, Parque das Nações ou Praça do Império (junto ao Mosteiro dos Jerónimos).  Este final de Volta que se quer apoteótico enfrenta alguns obstáculos: por um lado, os aviões e helicópteros necessários ao directo televisivo podem ter dificuldades devido ao congestionamento do espaço aéreo lisboeta; por outro lado, a capital, em dias feriados e fins-de-semana tem poucas pessoas na rua, o que poderá conduzir a um fim de festa pouco caloroso.

A edição transacta da corrida iniciou-se em Lisboa, através de um prólogo com partida e chegada no Marquês de Pombal e viragem nos Restauradores.

Foto: PAD/JLS

10 thoughts on “Volta a Portugal terá etapa de consagração”

  1. isto assim não vale porque tanbem devia passar no alentejo por e semplo Odemira,São Teotónio,Saboia e depois e a para o algarve assim e que era a volta portugal comesava no Norte e acabava no Sul isso simera a volta a portugal agora so no Norte e no Sentro de portugal não vale.

  2. Final apoteótico em Lisboa… como o inicio apoteótico do ano passado!! Apoteoses só em Matosinhos em 99, como seria em São João da Madeira, ou Paredes, Santa Maria da Feira, Torres Vedras, Gondomar, ou em qualquer terra deste país onde soubessem andar de bicicleta. Mas enfim, desde que demonstrem interesse em colaborar com o ciclismo, por mim qualquer lugar é bom. Não podem é falar em finais apoteóticos em Lisboa… só como estratégia de marketing!!!

  3. Meus amigos, vamos lá entenderem-se, o importante será haver volta e alguem que apoie, sejá Lisboa, o Porto ou Faro. isso e insignificante, lembram-se dos tempos de ouro em que as voltas acabavam em Lisboa no estádio José de Alvalade, e nem uma agulha lá cabia.
    Deem graças a deus por Lisboa querer receber a volta com a crise que o ciclismo está a passar, qualquer dia ainda a PAD terá de pagar para receber a volta e ninguem quer.
    José Morais

  4. Já agora para os lisboetas….Quantas equipas ha em lisboa? Se querem chegadas porque não começar a criar equipas. Elas existem onde existem patrocinadores, pois de que serve patrocinar uma equipa se ela não se mostrar ou se se mostrar onde não serve de nada ao patrocinador. Eu gostava muito que realmente tivessemos mais equipas em Portugal e com melhor qualidade. E não me venha o Benfica criar outro projecto de 2 anos, pois para isso mais vale estarem quietos, como o Sporting, 1 ano de Sub 23. Interessa equipas com cabeça, tronco e membro para que durem. Afinal não é em lisboa que esta o sustento do pais como muitos dizem, mostrem isso com os apoios ao desporto, e não só ao Futebol.

  5. desculpem lá mas incomuda-m que todos os grandes acontecimentos acabem em lisboa eu nao concordo, ate agora orgulhava-m de a volta a portugal nao seguir essa moda, alem do mais uma volta tem de ter emoçao ate ao ultimo dia pois se nao for assim nao sou eu que vou me encaminhar daqui para lisboa para nao ver espectaculo e sim uma simples discusao de final de etapa… prefiro mil vezes que comece em lisboa pois lisboa tambem merece receber a volta e ate nem me importo que receba a ultima etapa da volta se souber que esta vai ser competitiva caso contrario é ujma desilusao

  6. Infelizmente só em Portugal se encontram problemas deste. É a final da taça com tanta polémica por ser sempre no Jamor e agora este final de Volta a Portugal na Capital. Pouca gente? Acham? N\ão me parece. O Tour acaba onde? A Vuelta? enfim, Portugal no seu melhor.

  7. Eu honestamente acho que o final da Volta numa cidade do Norte tem maior impacto (em termos de público a assistir) do que em Lisboa

  8. Eu não gosto de etapas de consagração, e acho que a Volta já tem poucos dias de competição, assim ainda terá menos. Não sei qual o mal de pôr o CRI final em Lisboa.

  9. Muito boa notícia! E se Lisboa não tiber habitantes suficientes a um Domingo ou feriado, não sei que outra cidade em Portugal terá!!! Vai ser muito bom para o espectáculo e vai chamar muito a atenção dos principais media.

  10. optima noticia!! um final no parque das naçoes seria um fenomeno!! parabens a camara de lisboa! espero que seja mesmo uma etapa em linha para sprinters e que alem desta que em principio será a rolar que tambem haja outras, porque sinceramente a volta a portugal tem sido sempre etapas para trepadores e etapas propicias a fugas.. ha muita mais emoção em chegadas massivas e claro a subir ja temos as miticas sr graça e serra da estrela.. porque não, tambem um contra relogio por equipas???

Os comentários estão fechados.