UCI aplica primeiras multas por dopagem

Biondo, vencedor da Volta a Santarém em 2008, é um dos punidos
Biondo, vencedor da Volta a Santarém em 2008, é um dos punidos

A partir de agora, as penas por dopagem são duplas: suspensão de actividade e multa. Depois de o Comité Olímpico Italiano ter ontem anunciado que Danilo di Luca está suspenso por dois anos e sujeito a uma multa de 280 mil euros, a União Ciclista Internacional (UCI) avançou hoje com sanções pecuniárias a outros dois corredores afastados por dopagem. O espanhol Iñigo Landaluze terá de pagar 27.300 euros e o italiano Maurizio Biondo foi castigado com 13.750 euros.

As penas em dinheiro estão previstas nos mais recentes regulamentos antidopagem, que permitem à UCI cobrar até 70 por cento do salário anual a que o ciclista dopado teria direito pelo contrato em vigor no ano em que se dê o controlo positivo.

A UCI espera que a junção das penas de suspensão com as multas ajude a dissuadir o recurso à dopagem.