Pedro Horrillo deixa o ciclismo

O diagnóstico inicial confirmou-se: Pedro Horrillo, 34 anos, não volta a ser ciclista profissional. As sequelas da queda sofrida na Volta a Itália, no dia 16 de Maio. Logo depois do acidente, os médicos disseram que o corredor iria recuperar, mas que não voltaria a ter condições físicas para a prática da modalidade e nível profissional. Apesar de uma lenta recuperação, Pedro Horrillo ainda foi acalentando esperanças de regressar ao pelotão, até que a realidade se impôs ao sonho.

“Outros companheiros nunca sabem quando terminar a carreira. A mim foi a queda que mo disse. Já enviei uma carta ao director da Rabobank Erik Breukink, em finais de Dezembro. Expliquei-lhe que não podia aceitar a oferta de seguir mais um ano, por motivos físicos”, disse o corredor e licenciado em filosofia ao jornal El País.

3 comentários a “Pedro Horrillo deixa o ciclismo”

  1. Ramon teve sorte?   O homem vai a uma ribançeira parte-se todo e obrigado a terminar a carreira por ter contraido lesoes gravissimas e teve sorte?

     OMG…   as tipicas palavras dos portugueses que têm sempre sorte

Os comentários estão fechados.