Camisola com História – Kas

O ciclismo espanhol ainda há poucos anos era representado no pelotão internacional por uma equipa que vestia de amarelo, a ONCE – Organização Nacional dos Cegos de Espanha, entidade que promove uma lotaria no país vizinho. No entanto, muitas décadas antes, numa história iniciada em 1958, outro colectivo espanhol fez o amarelo luzir pelas estradas europeias. Tratava-se da Kas, patrocinada por uma empresa fabricante de refrigerantes.
Durante cerca de três décadas, a Kas esteve presente no mundo da velocipedia, quase sempre sediada em Espanha, mas chegando a ter licença francesa. Foi numa época de licença gaulesa que o português Acácio da Silva entrou para os quadros daquele grupo desportivo, corria o ano de 1986. Na sua estreia nesta equipa, o emigrante natural de Montalegre venceu duas etapas na Volta a Itália e sagrou-se campeão nacional de fundo. No ano seguinte conquistaria uma tirada no Tour e, em 1988, juntou uma etapa na Volta a França ao Troféu Luis Puig, tendo no ano subsequente mudado de ares, passando a militar na Carrera.
Tal como, mais tarde, a ONCE, a Kas competia na Volta a França com o equipamento alterado, de modo a não se confundir com a camisola do líder da classificação. Foi por isso que em 1986, Acácio da Silva correu com a camisola que se vê na imagem e que era maioritariamente azul, com o amarelo a estar presente nas mangas.
Os grandes êxitos da Kas foram, todavia, alcançados em Espanha. A equipa venceu cinco Vueltas: Francisco Gabica (1966), José Manuel Fuente (1972 e 1974), José Pesarrodona (1976) e Sean Kelly (1988).
Além de Acácio da Silva, outros portugueses passaram pela Kas. Numa época em que era comum os corredores nacionais competirem numa equipa portuguesa fazendo determinadas provas além fronteiras ao serviço de um colectivo estrangeiro, Fernando Mendes vestiu a camisola da Kas em 1974. Nesse ano, curiosamente, Fernando Mendes ganhou a Volta a Portugal… pelo Benfica. Em 1976 e em 1977 foi o fafense José Martins que representou a equipa dos refrigerantes.
No que respeita a directores-desportivos, a Kas teve ao leme homens como Dalmacio Langarica, Antonio Barrutia, Robert Lelangue e o mentor internacional de Joaquim Agostinho, Jean de Gribaldy.

Imagem: http://www.memoire-du-cyclisme.net/

1 comentário a “Camisola com História – Kas”

  1. se a memoria nao me falha,o MENDES so fez 2 provas pela KAS, a VOLTA A LEVANTE e o g. p. VALENCIA.

Os comentários estão fechados.