Euskaltel-Euskadi anuncia programa interno de luta contra o doping

A equipa basca Euskaltel-Euskadi, atingida em 2009 pelos casos de dopagem de Iñigo Landaluze e de Mikel Astarloza, quer mudar a imagem negativa criada, através de um programa interno de combate ao doping. “Tivemos dois pontos negros esta temporada. Os mais de 700 controlos que fizemos ao longo do ano dão-nos uma ideia mas não a certeza de como estão os ciclistas. Por isso decidimos, juntamente com os patrocinadores, que vamos avançar com um projecto de controlo, mas também de ajuda ao ciclista, ai seu esforço e ao seu trabalho diário”, explicou o novo director-geral da equipa, Igor González de Galdeano, que substitui no cargo a Miguel Madariaga.

“Queremos ter dados reais do que possa estar sucedendo em momentos pontuais para que possamos tomar decisões, drásticas se necessário, antes de chegarmos ao precipício”, acrescentou o dirigente, citado pela agência Europa Press.

A Euskaltel-Euskadi apresentou-se hoje, com a luta contra a dopagem como principal mote para a época de 2010. As mudanças directivas implicaram a passagem de Madariaga a um cargo no topo da hierarquia da formação basca, sendo substituído por Igor González de Galdeano, que, por sua vez, entregou a direcção desportiva ao irmão, Alvaro González de Galdeano.

3 thoughts on “Euskaltel-Euskadi anuncia programa interno de luta contra o doping”

  1. Jornal de ciclismo, por favor nao tirem a “amostragem” de comentarios em cada topico do lado superior direito do site!

    Obrigado

  2. e éra..
    com um treinador como o Igor González de Galdeano querem fazer milagres.

Os comentários estão fechados.