Edgar Tavares 16º no contra-relógio da Volta ao Ruanda

O português Edgar Tavares (CA Castelsarrasin) foi o 16º classificado na sexta etapa da Volta ao Ruanda, um contra-relógio individual de 33,8 quilómetros, em redor de Kicukiro. O melhor registo foi averbado pelo marroquino Abdelaati Saadoune, corredor que se adaptou melhor ao sinuoso traçado que homenageou as vítimas do genocídio no Ruanda. O único português em prova assume que lhe faltou potência, sobretudo nos últimos oito quilómetros, que eram a subir. Na geral, Edgar Tavares conserva o 19º lugar, a 45m29s do líder, o marroquino Adil Jelloul.

Amanhã disputa-se a sétime e penúltima tirada da competição do calendário continental africano. O pelotão vai percorrer 151,3 quilómetros, entre Kigali e Nyagatare, na savana do Ruanda. O tralado inclui três contagens de montanha de terceira categoria, estando a derradeira a cerca de 45 quilómetros da meta.

3 comentários a “Edgar Tavares 16º no contra-relógio da Volta ao Ruanda”

  1. E que promessa. A 45 minutos na volta ao ruanda. É destes atletas que Portugal precisa.

  2. E que promessa. Temos tantos em portugal a fazer melhor e n dizem que são promessas.
    Ja houveram outros portugueses a vencer em solo africano e nunca ouvi dizerem que são promessas.

  3. Grande Edgar sem dúvida uma grande promeça para o nosso ciclismo 😀
    Força Edgar 😉

Os comentários estão fechados.