Britânicos dominam na consagração do ausente Emanuel Pombo

A Taça de Portugal de Downhill (DHI) terminou em Porto de Mós, numa corrida totalmente dominada pela armada britânica, que conquistou os três lugares no pódio. O virtual vencedor do troféu, o madeirense Emanuel Pombo (Liberty Seguros/Run & Bike/Specialized) esteve ausente, deixando para Alexandre Oliveira a honra de ser o melhor luso, na quarta posição. O mais veloz foi Olivier Burton, seguido pelos compatriotas Stuart Jenkinson e Nathan Vials. Na geral da Taça, Emanuel Pombo foi o mais regular, adiantando-se a Cláudio Loureiro e ao irmão Daniel Pombo, segundo e terceiro, respectivamente.

O sector feminino foi dominado por Áurea Agostinho, que conquistou em Porto de Mós a sexta vitória em oito possíveis. Ainda assim, na geral, o equilíbrio foi bastante, pois Áurea somou apenas mais 18 pontos do que a segunda classificada, Ana Martins (Team Commençal/Sram). Diana Rodrigues (Team Mondraker) quedou-se pela terceira posição.

Leonel Henrique (JD Fontainhas) foi o melhor júnior no fecho da Taça, mas isso de nada lhe valeu, pois na geral não foi além da segunda posição, atrás de Francisco Pardal (Team Mondraker), mais regular ao longo da temporada. O terceiro da tabela final foi Leandro Salgueiro (Avalanche/Vitória de Janes).

A Taça de Portugal de cadetes foi conquistada por José Silva (Six Team-Bike Zone), apesar do sexto posto alcançado em Porto de Mós, onde quem andou mais depressa foi João Ribeiro (Casa do Povo de Vizela). Ricardo Soares (Team Guimarães) e João Estevão (JD Fontainhas) foram coroados em veteranos A e B/C, respectivamente, juntando as provas de encerramento em cada um dos escalões ao triunfo na geral.