Phillipe Gilbert dá festival na Volta a Lombardia [vídeo]

O belga Phillipe Gilbert (Silence-Lotto) triunfou na Volta a Lombardia, no Norte de Itália, suplantando ao sprint, nos metros finais da prova em redor do Lago Como, o espanhol Samuel Sanchez (Euskaltel). Na quarta vitória em menos de duas semanas, Gilbert valeu-se de um ataque lançado a seis quilómetros do risco ao qual apenas Sanchez respondeu, permitindo a discussão a dois no termo dos 242 quilómetros entre Varese e Como. A terceira posição coube ao russo Alexandre Kolobnev (Saxo Bank), que liderou o grupo de perseguidores, com quatro segundos de atraso face ao vencedor.

“Bellisimo! É inacreditável, pois sempre pensei que estas corridas seriam demasiado duras para mim. Mas nesta condição, ficou provado, posso ganhar”, avaliou o belga de 27 anos que, na parte final, contou com a ajuda de Cadel Evans, seu companheiro de equipa. O campeão do mundo contribuiu para neutralizar a ofensiva de três corredores, dois quais Alexandre Vinokourov se apresentava como o mais perigoso. Mas a reunião dos fugitivos foi alcançada, no final da subida a San Fermo della Battaglia, foi a vez de Gilbert atacar.

Phillipe Gilbert anotou o 11ª vitória belga na Lombardia e o quarto sucesso pessoal numa dezena de dias, somando a Coppa Sabatini, o Paris-Tours, o Girol del Piemonte e a Volta a Lombardia em sucessão.

Rui Costa, deixou-se ver na parte final da corrida, integrando o grupo de favoritos que se destacaram nos decisivos quilómetros. O português da Caisse d’Epargne terminou a prova na 26ª posição, a 1m15s do vencedor.

Volta a Lombardia
Média de 42.331 km/h
1º Philippe Gilbert (Silence – Lotto), 5h43m46s
2º Samuel Sanchez (Euskaltel – Euskadi),mt
3º Alexandr Kolobnev (Saxo Bank), a 4s
4º Luca Paolini (Acqua & Sapone),mt
5º Johnny Hoogerland (Vacansoleil Pro Cycling Team),mt
6º Robert Gesink (Rabobank), mt
7º Alexandre Vinokourov (Astana), mt
8º Daniel Martin (Garmin – Slipstream),mt
9º Juan Jose Cobo (Fuji-Servetto),mt
10º Cadel Evans (Silence – Lotto), mt

3 comentários a “Phillipe Gilbert dá festival na Volta a Lombardia [vídeo]”

  1. Aquele sprint final foi meio manhoso… não sei se o Samuel Sanchez não chegava lá…

  2. Rui Costa 47º (ainda sem confirmação) esteve no grupo da frente cedendo apenas na parte final

Os comentários estão fechados.