Bosisio segundo caso de dopagem na LPR

O italiano Gabriele Bosisio acusou EPO num controlo antidopagem realizado de surpresa no dia 2 de Setembro. A UCI considerou anormais os valores sanguíneos do corredor e resolveu fazer o controlo inopinado que acabaria por dar positivo. É o segundo caso de dopagem na LPR, que viu o chefe-de-fila, Danilo di Luca, ser apanhado durante a Volta a Itália.

Gabriele Bosisio está suspenso preventivamente, mas nega ter-se dopado. O corredor solicitou a contra-análise.

8 comentários a “Bosisio segundo caso de dopagem na LPR”

  1. Então para tua informação: Rui Costa ganhou 3 ª etapa da Volta a Chihuahua numa fuga chegou á meta com 4.22 de vantagem ( iam na fuga Gregorio Ladino (Col) Tecos Trek q fez 2ª na etapa Oscar Sevilla (Spa) Rock Racing ( 3ª ) e Dario Cioni (Ita) ISD ( 4 ª )

  2. o rui passa a vida a fazer comentarios de todas as noticias…. pela maneira que falas es o senhor da verdade, es um logotipo de pessoa a seguir, es um deus…. deves ser uma pessoa muito bem formada,imagino…so o que tu dizes e so a tua opiniao é que estao bem!!! es o maior…

  3. Na mesma altura acusou positivo Pietro Caucchioli, Ricardo Serrano, Igor Astarloa, and Rubén Lobato.

  4. Afinal não é só um são dois , o ultimo desta semana chama-se De Bonis da Diquigiovanni acusou como não podia deixar de ser CERA em 7 maio ( só agora se sabe o resultado !!!!!!!!!! ) antes do Giro

  5. Agora é um por semana, isto está a ser uma mortandade, é da maneira que há mais vagas para os mais novos.
    E claro está mais um inocente acusado injustamente

Os comentários estão fechados.