Uma questão de atitude

Provavelmente, avançamos para o renovar do estado de emergência, com todas as condicionantes que já temos ou outras, mais brandas, ou ainda mais restritivas. Por isso mesmo, a maioria das actividades estão paradas. Os portugueses vão cumprindo as normas.

Apesar da contingência, esta não deve deixar de ser uma altura em que teremos que abrir … Ler mais