O REGRESSO DOS BELGAS

Depois de alguns anos, poucos para nós, uma eternidade para eles, sem grandes sucessos nas principais clássicas, sobretudo as disputadas em solo belga e em terreno francês, os belgas parecem estar de volta.
Depois do sucesso polaco no primeiro monumento do ano (Kwiatowsky, no Milão São Remo) os belgas têm dominado as principais clássicas. Com … Ler mais