Arquivo da categoria: ANÁLISE

Ventos de mudança – a Colômbia é apontada como o melhor exemplo de um país periférico

Há muito que se vem falando do novo paradigma do ciclismo mundial. A tão falada globalização, teria inevitavelmente de ser aproveitada também pelo ciclismo. Sobretudo os últimos três presidentes da UCI, antes de Lappartient, tiveram uma visão, cada um a sua visão, do que pretendiam para a transformação do ciclismo como desporto global.

Naturalmente que … Ler mais

O C/Relógio por equipas do GP Jornal Notícias

O Grande Prémio JN é, sem dúvida, um factor de promoção da modalidade, ora pelo número de dias de corrida, já pouco comuns no ciclismo português, ora principalmente por estar associado a um dos maiores orgãos de comunicação social do país. É verdade que o contributo desta competição já teve mais relevância, mas não deixará … Ler mais

Froome, a suspensão e a vitória no Giro

Os fortes ventos da Terra Santa foram favoráveis à organização do Giro. Duas vitória italianas, etapas com uma geografia bastante diferente da Itália e público, nas zonas de partida e chegada, porque no meio do nada era difícil, em abundância e, à boa maneira israelita, com uma forte convicção de segurança.

Contratempos, de maior, apenas … Ler mais

REFLEXÃO SOBRE AS EQUIPAS PORTUGUESAS NA VOLTA A CASTELA E LEÃO

Entre 20 e 22 de Abril, por terras antigas da vizinha Espanha, decorre, à portuguesa, a Volta a Castela e Leão. Numa região historicamente conflituosa com Portugal, nesta competição velocipédica, com bastante tradição no país vizinho, marcam presença quatro equipas portuguesas.

Entre essas equipas, a previsível Efapel, as inevitáveis W52-FCPorto e Sporting-Tavira e a Liberty … Ler mais

REPENSAR AS ESTRUTURAS WORLDTOUR

As estruturas das principais equipas mundiais são cada vez mais imponentes. Nalguns casos, embora nos agrade aos olhos e dê uma imagem megalómana e de saúde do ciclismo, perguntamo-nos de facto, para quê tanta coisa e tanta gente.

Olhando para a Astana, que atravessa períodos de dificuldade financeira, tem trinta ciclistas e, no staff, que … Ler mais

APONTAMENTOS DA VOLTA AO ALGARVE

No final da 44ª Volta ao Algarve, podemos dizer que nós, portugueses, só podemos estar orgulhosos. Enfim, podemos não ter tido o que esperávamos desportivamente das nossas cores, mas em termos organizativos, o que ressalta à vista de todos é uma prova merecedora do escalão que ocupa na hierarquia das corridas UCI.

Porventura, neste caminho … Ler mais

FALAR DE LANCE ARMSTRONG, SEM COMPLEXOS!

À boa maneira australiana, foi sem complexos, que o actual organizador do Tour Down Under, assumiu que o principal impulso mediático que a prova teve, surgiu com a presença de Armstrong, coincidindo com o início do seu regresso à modalidade, em 2009.

Para tal indicou dados estatísticos, relacionados com público, patrocinadores e interesse geral na … Ler mais

PENSAR O CICLISMO PORTUGUÊS, EM 2019

É certo que ainda nem sequer entrámos no ano 2018, o ano da próxima época. Mas para pensar verdadeiramente no futuro talvez seja melhor apontar agulhas a 2019. Isto porque, como é corrente, a grande maioria das decisões que afectam a época 2018, nalguns casos, como o da Volta a Portugal, até mais para a … Ler mais