Arquivo da categoria: ANÁLISE

Às Voltas com o futuro

A Volta a Portugal do Futuro é uma competição importante. Tem andado, contudo, demasiadamente ao sabor da corrente. Das competições mais relevantes, talvez seja a prova mais adaptada em anos sucessivos, mas também, diga-se, a mais adaptável. Mas isso, tira algum rigor aos resultados finais.

Oficialmente, começou em 1993, com bem mais dias do que … Ler mais

Voltas dispersas

O ciclismo, como em tudo, vai-se adaptando a novas circunstâncias. São várias as situações que têm mudado a face da modalidade. Provavelmente, a principal será esta nova e recente era da globalização da modalidade. Saltam-se os muros da Europa, continente berço do ciclismo e, nos últimos anos realizam-se cada vez mais corridas em locais até … Ler mais

Montanhas de vento

O vento pode ser a pior das montanhas para os ciclistas. É comum vermos ciclistas a considerar que é melhor estar calor, apesar do desgaste que o calor também dá, do que vento. O vento é um valente embaraço quando se trata de o enfrentar, mas não é menos indesejado quando surge perigosamente de lado … Ler mais

Os novos heróis

É certo que Alejandro Valverde, com os seus quase quarenta anos, venceu recentemente, com a sua classe habitual, e também é certo que sentiremos a falta de Froome neste Tour, porque deixa de existir uma verdadeira referência. Uma referência para o adepto comum que conhece Froome, mas já tem dificuldades em saber quem é Geraint … Ler mais

O Ciclismo é para todos

No livro de prova do recente GP JN, nas introduções prévias que sempre existem reservadas a organizadores, membros da Federação ou autarcas, Domingos Andrade, director do JN, numa alusão toda ela revestida do simbolismo sentimental que o GP JN merece, fazia referência a uma célebre frase, de um não menos célebre Bernard Hinault: “O ciclismo … Ler mais

Os artistas da semana

Começando pela Romandia, Rui Costa, continua a não dar grandes hipóteses aos mais críticos. Podemos achar que por vezes falha nalguns aspectos. Ocasionalmente, talvez pudesse comunicar de forma diferente nas redes sociais. Mas o que é certo é que na estrada, continua a “falhar” muito pouco.
Tem uma carreira profissional com mais de duas dezenas … Ler mais

Só o ciclismo

O ciclismo é cada vez mais um desporto com forte impacto político e social. Talvez não por Portugal, onde o desporto é demasiadamente monocórdico, porque o futebol funciona um pouco como um eucalipto nas florestas nacionais .

Por Portugal, os políticos (com algum rigor, teremos que excluir aqui os autarcas e apontar baterias aos tecnocratas … Ler mais